Categoria: Impotência

Causas da disfunção erétil

Existem inúmeras causas para disfunção erétil (temporária). Abaixo você encontrará possíveis causas em um piscar de olhos.
 

Diferentes tipos de disfunção erétil: O pênis não se torna (completamente) rígido, permanece flácido ou não fica rígido o suficiente.

Existem diferentes tipos de disfunção erétil. Às vezes o pênis se torna um pouco duro, mas não completamente. O pênis também pode permanecer completamente flácido. Alguns homens têm uma boa ereção, mas por um curto período de tempo. É muito raro que um homem nunca tenha tido uma boa ereção. Que funcionou no começo, mas não em um determinado momento, é muito mais comum. Às vezes, a disfunção erétil ocorre em uma situação e não em outra.

Como ocorre uma ereção?

Através de estimulação física, fantasias ou pensamentos ou algo que ele vê, um homem pode ficar animado. Com excitação, mais sangue flui para o abdome e pélvis. Mais sangue vai para o pênis também. 
Normalmente, o sangue flui para fora do pênis tão rapidamente quanto entra. Mas com excitação sexual certos vasos sanguíneos se fecham; para que mais sangue permaneça no pênis e ele se levante. Então, primeiro vem a excitação, depois a ereção. De noite ou de manhã pode ser o contrário. Então, a ereção (puramente física) pode ocorrer primeiro e, possivelmente, a excitação de lá.

O que há de errado com a disfunção erétil?

O pênis contém três cilindros de tecido esponjoso que percorrem todo o comprimento do membro. Esses cilindros contêm inúmeros vasos sanguíneos que se enchem de sangue durante uma ereção. Quanto mais sangue os cilindros contiverem, maior e mais firme a ereção. Um pênis em ereção completa contém oito vezes mais sangue que um membro coxo. Além dos vasos sanguíneos e das células musculares, o pênis também contém pequenos rebentos nervosos que são estimulados pela estimulação sexual, que faz com que os vasos sanguíneos se abram e relaxem as células musculares. 

Quando um desses elos (vasos sangüíneos, terminações nervosas, células musculares) se torna defeituoso, o mecanismo de ereção falha. Além disso, a causa também pode estar em um dos outros fatores que desempenham um papel no desenvolvimento de uma ereção, a saber:

  • excitação sexual
  • um nível adequado de testosterona (o hormônio masculino)
  • boa transferência de informação através dos nervos da cabeça (pensamentos sexuais) para o pênis (ereção)

Com que frequência a disfunção erétil ocorre?

Uma ereção não tão boa ou ausente ocorre ocasionalmente em quase todos os homens. Isso é muitas vezes percebido como irritante pelo homem, mas isso não é coberto pela disfunção erétil real. Ocasionalmente, por exemplo, ocorre quando alguém está cansado ou bebeu demais. Quando essa causa temporária terminar, também é possível obter uma ereção novamente. Uma disfunção erétil real é somente quando alguém não consegue um pênis suficientemente rígido durante um longo período de tempo.  

Não vá ao médico com queixas de ereção

Apenas alguns homens vão ao médico pedir queixas de ereção. Menos de quatro em mil consultas são sobre problemas de ereção. Isso é muitas vezes o resultado da vergonha e é difícil levantar o assunto com o médico. Outra razão é que os homens mais velhos o experimentam com menos frequência como um problema e, portanto, não procuram ajuda para isso.

Ereções à medida que envelhecem

Quando um homem envelhece, a produção de testosterona e outros hormônios diminui. Pode levar mais tempo para o pênis se tornar rígido e essa ereção também pode ser menos difícil . A excitação também pode subir e descer, o que significa que durante a relação sexual a ereção pode relaxar e depois endurecer novamente.
Mais estímulo será necessário para ficar fisicamente animado. A intensidade, duração e frequência do orgasmo, assim como a quantidade de espermatozóides, podem diminuir. Embora essas mudanças possam apresentar novos desafios na relação sexual, isso não significa que o homem tenha disfunção erétil. Essas mudanças são completamente normais e não causam problemas sexuais entre o homem e seu parceiro. Você pode ler mais sobre essas mudanças na sexualidade e nas ereções no artigo  Mudanças na sexualidade após o seu 45º aniversário.

O risco de disfunção erétil aumenta gradualmente com a idade, mas isso não significa que sempre ocorra. Além disso, a maioria da disfunção erétil em idade mais avançada tem uma causa física, por exemplo, uma doença, um acidente, lesões ou efeitos colaterais de medicamentos prescritos para algumas doenças. 

Disfunção erétil: causa física ou psicológica?

Problemas de ereção podem ter uma causa física ou psicológica, ou uma combinação dos dois. Influências psíquicas muitas vezes desempenham um papel maior em uma idade jovem, e problemas físicos são mais prováveis ​​em uma idade posterior. Principalmente, coisas diferentes desempenham um papel e a origem e persistência da impotência e influenciam-se mutuamente. A natureza precisa dos problemas pode esclarecer as causas.

Causas psicológicas da disfunção erétil

Se o homem tiver ereções matinais e conseguir uma ereção com autossatisfação e se os problemas começarem subitamente, isso indica uma causa predominantemente psicológica, como a incerteza sobre o desempenho sexual ou o medo do fracasso. Ou talvez a experiência sexual apenas requeira novos impulsos.  

Medo do fracasso

O medo do fracasso nasce assim. Se não funcionar porque o homem bebeu muito; da próxima vez ele pode estar com medo de que o tempo não funcione. Em vez de estar animado, ele está preocupado e é por isso que não funciona novamente.

Dificuldade de aceitar

Mudanças físicas estão associadas ao envelhecimento. Pode demorar um pouco mais antes que o pênis fique rígido. Especialmente se houver um relacionamento de longo prazo. O pênis deve então ser estimulado diretamente um pouco mais para ficar rígido. Se um homem tem dificuldade em aceitar isso, também pode ter uma influência negativa na ereção.

Veja mais sobre o assunto em nosso site: https://www.nycomed.com.br/gran-senior-funciona

Pressão de desempenho

A ideia de ter que atuar como homem pode atrapalhar. Às vezes, um homem acha difícil satisfazer os desejos de seu parceiro. Uma ereção fraca pode resultar. É bom tornar isso negociável e tirar a pressão. Imagens irreais em filmes pornográficos e na internet também podem deixar um homem ansioso para se apresentar.

Após a morte ou divórcio

A disfunção erétil também pode ocorrer após o divórcio ou após a morte de um parceiro. Quando um homem tem um novo parceiro, mas não está suficientemente separado do parceiro anterior, ou se sente culpado em relação ao parceiro anterior, podem surgir sentimentos de culpa e pode ocorrer um problema de ereção em contato com o novo parceiro.

Mulher de transição

O problema da ereção também pode estar relacionado a queixas ginecológicas que a mulher recebe durante a transição. Uma das explicações dadas para isso é que o homem com seu problema de ereção parece estar, sem saber, poupando sua esposa.

Outras causas psicológicas da disfunção erétil

O medo de um (novo) ataque cardíaco também pode interferir seriamente em uma vida sexual prazerosa. Tensões no trabalho, fadiga ou um relacionamento perturbado com o parceiro também podem influenciar a ereção. No primeiro caso, a redução do interesse sexual freqüentemente ocorrerá nesses casos. Para alguns homens isso ocorre como um problema de ereção, mas na verdade é o resultado da redução dos sentimentos de luxúria. Algumas outras causas psicológicas da disfunção erétil são: depressão, estresse, raiva do parceiro, tristeza / tristeza, nervosismo, educação sexual (sexo é ruim / sujo), experiências sexuais desagradáveis, problemas de comunicação com o parceiro, auto-imagem negativa.

Muitas vezes não está claro como certas emoções têm a ver com o problema da ereção. Mas sentimentos irritantes, mesmo que alguém tente afastá-los tão profundamente, podem realmente bloquear a excitação. 

E …. muitos homens não admitem isso para si ou para o parceiro, mas às vezes não querem porque simplesmente não querem. Também pode acontecer que um homem não tenha vontade de fazer sexo com sua esposa neste momento ou nessa fase. Isso às vezes também pode ser devido ao comportamento ou aparência de sua esposa.
 

Causas físicas da disfunção erétil

Se os problemas de ereção ocorrerem gradualmente e se não houver ereções matinais e nenhuma ereção durante a masturbação, então uma causa principalmente física é óbvia. Muitas vezes a causa é o fluxo sanguíneo ruim para o pênis, mas também pode haver outras causas.
 

  • Vasculopatias são a causa mais comum de ereção alterada. Eles podem ser causados ​​por um suprimento insuficiente de sangue (por exemplo, no caso de arteriosclerose) ou por uma drenagem excessiva do sangue. Em homens mais velhos, o fluxo sanguíneo deficiente da artéria para o pênis é geralmente a causa (durante a primeira fase da ereção, o fluxo sanguíneo para o pênis deve ser aumentado seis vezes).
  • A disfunção erétil também pode ser o resultado de um suprimento nervoso interrompido, por exemplo, após danos na medula espinhal ou como complicação da esclerose múltipla. Diabetes mellitus (diabetes) eventualmente leva a distúrbios vasculares e nervosos; esses pacientes, portanto, freqüentemente sofrem de disfunção erétil em uma idade relativamente jovem.
  • Uma disfunção erétil também pode ser o resultado de um procedimento cirúrgico (ou radiação), por exemplo, uma remoção da próstata devido a um câncer ou uma operação na pequena pélvis, que facilmente danifica os pequenos nervos aos corpos inchados.
  • Um nível de testosterona muito baixo não é frequente, mas às vezes causa problemas de ereção.
  • Com a dor crônica, também pode ser mais difícil obter uma ereção, porque a dor atrapalha a sensação boa e positiva da excitação sexual. Por exemplo, para muitos homens, o reumatismo ou a osteoartrite grave é uma queixa que causa dor ao movimento, pelo que a sexualidade e a ereção podem, eventualmente, ser perturbadas.

Fatores de estilo de vida são uma das principais causas de problemas de ereção

N ataca acima factores, há uma série de factores de estilo de vida. Estes parecem desempenhar um papel maior do que se pensava anteriormente. Deve-se pensar em: tabagismo, uso de drogas, obesidade, estresse, exercício insuficiente, dieta errada e consumo excessivo de álcool.

Influência da medicação na ereção

Medicamentos também podem ter efeitos colaterais e afetar a ereção, como medicamentos que afetam a pressão arterial. Outras drogas também podem dificultar o desenvolvimento de uma ereção, como agentes que agem no sistema nervoso central, como os benzodiazepínicos, como o diazepam, o oxazepam ou as pílulas para dormir e os medicamentos antiepilépticos. Esses agentes também podem influenciar o desenvolvimento de um orgasmo. O uso de antidepressivos pode atrasar o orgasmo ou até causar a falha total.

Círculo vicioso se a ereção falhar

Acontece a quase todo homem que a ereção falha, por exemplo, porque ele está cansado ou tenso ou bebeu demais. Também ocorre regularmente no início de um novo relacionamento. Se um homem entra em pânico com a ausência de uma ereção e começa a se preocupar com isso, pode se tornar uma disfunção erétil. Quanto mais medo ele tem de disfunção erétil, mais difícil ele terá uma ereção. Se o parceiro dá um passo adiante, ficando incomodado por não ocorrer ereção ou demonstrar desapontamento, então a chance de que a ereção ocorra espontaneamente é muito pequena.

O que os parceiros pensam?

Cada parceiro responde de maneira diferente à disfunção erétil. Um dos parceiros acha que ela (ou ele) já não é suficientemente atraente, outra se decepciona e também mulheres que não têm problemas com isso. A principal queixa de muitas mulheres não é que o pênis não se torne rígido, mas que o marido não queira falar sobre isso e que não esteja disposto a procurar outras formas de fazer amor. Com problemas de ereção, o homem pode se retirar e evitar situações que podem se transformar em sexo. Os homens podem, portanto, evitar outras formas de intimidade. Isto é evidenciado pelo fato de que apenas 55% dos homens que foram ao médico para problemas de ereção disseram ter beijado seu parceiro no último mês. Uma mulher pode sofrer mais com essa evitação de intimidade do que com não ter companheirismo.

Lista: 7 coisas que podem dar problemas sexuais aos homens

Às vezes a vida sexual não funciona como se poderia desejar. Pode ser devido à falha na ereção, doença, diminuição do desejo ou mesmo dor ao sexo. Aqui listamos sete coisas que podem causar problemas sexuais em homens.

impotência

Impotência significa que não se pode ter uma ereção, ou que não se pode manter a ereção tempo suficiente para realizar uma relação sexual satisfatória. O problema tem muitas causas e se torna mais comum com o aumento da idade (mas o desejo sexual diminui menos com a idade do que com a capacidade).

Também é importante saber que a impotência (disfunção erétil) pode ser um sinal precoce de doença cardiovascular incipiente.

Por que a disfunção erétil ocorre e como você trata a impotência? Você pode ler mais sobre isso aqui:

Ejaculação prematura

A ejaculação precoce é definida quando, como se obtém, a ejaculação ocorre dentro de um a dois minutos após o início da relação sexual e o problema deve estar ocorrendo há pelo menos seis meses. A ejaculação rápida pode causar problemas na coabitação se o parceiro precisar de mais tempo para ter tempo de ter um orgasmo.

O tratamento / treinamento geralmente consiste em várias partes diferentes. Tome nota das dicas e conselhos aqui:

Liberação atrasada

Ejaculação retardada, ejaculação retardada ou distúrbio do orgasmo não é um problema completamente incomum. É tão comum nos idosos quanto nos homens mais jovens.

Pode ser porque:

… você não recebe estimulação mecânica suficiente durante uma relação sexual

… toma-se alguns medicamentos que podem afetar

… você sente grandes exigências sobre a vida sexual, o que pode causar bloqueios mentais que tornam o prazer e o orgasmo mais difíceis.

Aqui, Suzanne Lindström, parteira e conselheira sexual, responde à pergunta de um leitor sobre o assunto. Ela também dá algumas dicas sobre o que poderia ajudar:

deficiência de testosterona

A deficiência de testosterona é incomum, mas a falta de testosterona pode levar à diminuição do desejo sexual e da capacidade / impotência, bem como ao aumento da fadiga e da indigestão.

Quem está sofrendo de deficiência de testosterona, quais são os sintomas e quão comum é isso? Aqui, Mikael Lehtihet, professor associado e médico sênior da clínica médica do Hospital Capio St Göran, responde a sete perguntas comuns sobre a deficiência de testosterona:

A deficiência de testosterona? Teste você mesmo e receba conselhos

Você acha que tem deficiência de testosterona ou já foi diagnosticado? Então você está convidado a receber apoio, conhecimento e informações de nós. Juntamente com o pool de pacientes Lyfepond, atualmente estamos construindo uma comunidade de pacientes para pessoas com deficiência de testosterona.

Você pode fazer perguntas à nossa equipe especializada e obter um teste gratuito que mostra se você tem deficiência de testosterona. 

Doença de Peyronie (pênis torto ou dobrado)

Você tem dificuldade em realizar uma relação sexual porque seu pênis está curvado / torto? você pode ter sofrido da doença de Peyronie.

Se você foi afetado pela doença de Peyronie, um endurecimento foi formado em um corpo inchado no pênis, que por sua vez pode levar a uma curvatura e dor durante a ereção. A penetração sexual pode, portanto, ser difícil de implementar – no entanto, a condição não é perigosa.

Depressão e desejo sexual

Depressão e depressão podem afetar o desejo sexual, que por sua vez não pode ter uma ereção. 

Os antidepressivos também podem afetar adversamente o desejo e a capacidade de reagir – então pode ser apropriado alterar a preparação.

Aumento benigno da próstata (HBP)

Conforme você envelhece, a próstata (uma glândula ao redor da uretra) pode crescer e empurrar contra a uretra – tornando mais difícil a micção. Próstata aumentada não aumenta o risco de câncer de próstata. 
 
Até mesmo a vida sexual pode ser afetada negativamente; micção forçada freqüente e talvez também incontinência reduz o interesse em atividades sexuais. Talvez a pessoa frequentemente renuncie com mais freqüência ou sempre ao intercurso por causa de sua inconveniência. Uma conseqüência disso também pode ser que a capacidade de ereção é afetada negativamente. 

Aqui você pode ler mais sobre como a vida é afetada pela impotencia sexual: https://www.nycomed.com.br/gandrox-funciona/

Bons Truques Que Funcionam para Aumentar o Pênis

Noções básicas de Truques Que Funcionam para Aumentar o Pênis

Vamos dar um passo para trás e nos certificar de que entendemos como o pênis funciona novamente. Seu pênis é ótimo e tudo, mas apenas um quarto das mulheres costumam vir durante o coito vaginal, o que significa que muitas mulheres precisam de algum estímulo clitoriano para chegar ao clímax. Qualquer tamanho de pênis pode proporcionar grande prazer para o homem ao qual ele está ligado. Pode trazer grande prazer ao seu dono. Uma maneira eficaz de aumentar o pênis é tomando endoxafil.

Coisas que Você Deve Saber Sobre os Truques Que Funcionam para Aumentar o Pênis

Acene o dólar ao redor, pegue o outro lado, e aperte-o para ilustrar que não há truques ou coisas estranhas acontecendo com ele. Alguns truques populares incluem dobrar e torcer o pênis em várias formas de animais, incluindo cães, gatos, ursos, morcegos e (é claro) elefantes. Alguns truques de mágica ganham muita quilometragem simplesmente por serem surpreendentes. Há uma tonelada de truques de moedas desaparecendo lá fora, e cada um requer um certo nível de trabalho artesanal.

O Bom, o Mau e Truques Que Funcionam para Aumentar o Pênis

Um creme especializado para a saúde do pénis (os profissionais de saúde recomendam o Man 1 Man Oil) é uma boa aposta. Rejuvenescer e suavizar a pele do pénis e apoiar a saúde circulatória e nervosa com os nutrientes certos também é recomendado. A conclusão do artigo afirmou que o tratamento a vácuo do pênis não é um método eficaz para o alongamento do pênis, mas proporciona satisfação psicológica para alguns homens. A eficácia das bombas penianas para o aumento permanente do pênis foi examinada por Kazem, Hosseini e Alizadeh. Como aumentar a sensibilidade do pénis Os homens que sofrem de falta de sensibilidade podem tomar várias medidas para melhorar a situação. Naturalmente, um benefício da realização de sexo oral em um pênis mole é que, com pouquíssimas exceções, você não precisa se preocupar com seu reflexo de engasgar ou por ser muito grande.

Suplemento Natural Para Aumento do Penis Que Funciona

O que Fazer e o que Não fazer de Alargamento de Pênis Suplemento

Você coloca seu pênis dentro e o vácuo resultante extrai sangue extra, tornando-o ereto e um pouco maior. O pênis é então preso com um anel apertado para garantir que o sangue não vaze de volta para o corpo. Muitos homens que pensam que têm um pênis pequeno têm excesso de peso ”, diz Jennifer Berman, MD, urologista em Beverly Hills e co-autora de Segredos da Mulher Sexualmente Satisfeita. O melhor suplemento sem dúvidas é o xanimal.

Há definitivamente certas maneiras de aumentar seu tamanho do pênis. O tamanho do pênis sempre foi uma questão de contenção com os homens. Quando usado consistentemente, começa a aumentar em um nível significativo. Os dias de sentir-se inadequado porque o tamanho de seu pênis, ereção ou desempenho sexual agora pode estar por trás de você. Quando se trata do tamanho do pênis, ser mediano é realmente onde você quer estar ”, diz Kerner, autora de livros que incluem She Comes First. Como o tamanho da cabeça do pênis não pode ser aumentado, os resultados podem levar a um pênis com uma forma incomum. O comprimento de um pênis não ereto não prevê consistentemente a duração quando o pênis está ereto.

A 5 Minutos a Regra para o Alargamento do Pénis Suplemento

Todas as pílulas, cremes tópicos e géis são inúteis. Pílulas de aumento do pênis são outro método popular de crescimento de um membro. Comprimidos, adesivos e pomadas para aumento do pênis são comumente oferecidos pela Internet.

A Compreensão Da Ampliação Do Pénis Suplemento

Suplementos Cistanche são muito populares e podem ser encontrados tanto em cápsulas quanto em pó online. Os suplementos dietéticos não exigem aprovação da Food and Drug Administration, portanto, os fabricantes não precisam provar segurança ou eficácia. A L-arginina como suplemento para o pénis auxilia na produção de óxido nítrico, que por sua vez ajuda a vasodilatação. A grande coisa sobre suplementos de aumento do pénis é que eles podem aumentar a testosterona naturalmente, sem a necessidade de receita médica. Alguns dos suplementos de aumento de pênis mais poderosos do mundo vêm de ervas africanas bem conhecidas.

 

Problemas de ereção (disfunção erétil)

Problemas de ereção (disfunção erétil)

Saiba mais sobre o fornecimento de sangue ao pênis durante uma ereção, imagem Use a seta para a direita para avançar ao próximo Use a seta para a esquerda para mover-se para o anterior
Aprender mais sobre
Suprimento de sangue para o…
Fornecimento de sangue para o pênis durante uma ereção, imagem
Quais são os problemas de ereção?
Um homem tem problemas de ereção se não conseguir ou manter uma ereção firme o suficiente para ele fazer sexo. Problemas de ereção também são chamados de disfunção erétil ou impotência.

A maioria dos homens tem problemas de ereção de vez em quando. Isto é normal. Esses problemas podem ocorrer em qualquer idade. Mas eles são mais comuns em homens mais velhos, que muitas vezes têm outros problemas de saúde. O tratamento pode ajudar homens mais velhos e mais jovens.

Leia também: Estimulante sexual masculino qual é o melhor

O que causa problemas de ereção?
Problemas de ereção podem ter muitas causas. Esses incluem:

Problemas físicos, como lesão nos nervos ou perda de suprimento de sangue para o pênis.
Outros problemas de saúde, como diabetes, pressão alta, ansiedade e depressão.
Efeitos colaterais de certos medicamentos.
Estresse.
Beber muito álcool ou fumar.
Cirurgia, como para câncer de próstata.
Quais são os sintomas?
O único sintoma de um problema de ereção é não conseguir e manter uma ereção firme o suficiente para fazer sexo. Mas mesmo com um problema de ereção, um homem ainda pode ter desejo sexual e ser capaz de ter um orgasmo e ejacular.

Como os problemas de ereção são diagnosticados?
Seu médico pode descobrir se você tem um problema de ereção fazendo perguntas sobre sua saúde e fazendo um exame físico. Seu médico vai querer saber com que frequência o problema acontece. O exame, testes de laboratório e, às vezes, testes de saúde mental podem ajudar a descobrir a causa do problema.

Como eles são tratados?
Os médicos geralmente começam com mudanças de estilo de vida e medicamentos. Eles geralmente não aconselham cirurgia ou outros tratamentos, a menos que os primeiros passos não ajudem.

O tratamento pode incluir:

Evitar o tabaco e drogas e limitar o álcool.
Falando sobre o problema com o seu parceiro, fazendo exercícios sensuais e recebendo aconselhamento.
Encontrar e depois interromper os medicamentos que possam estar causando o problema. Em alguns casos, você pode tomar um medicamento diferente que não causa problemas de ereção.
Tomar remédios que podem ajudar você a ter ereções. Estes incluem pílulas como o sildenafil (por exemplo, Viagra), tadalafil (por exemplo, Cialis) e vardenafil (por exemplo, Levitra). Consulte o seu médico para saber se é seguro tomar um destes medicamentos com os outros medicamentos. Essas pílulas podem ser perigosas se você tem uma doença cardíaca que requer que você tome nitroglicerina ou outros medicamentos que contenham nitratos.
Tomar remédios e receber aconselhamento para depressão ou ansiedade.
Usando dispositivos de vácuo ou injeções de medicamentos no pênis.
Ter uma cirurgia para colocar um implante no pênis.
Você pode evitar problemas de ereção?
Problemas de ereção são mais frequentemente causados ​​por um problema físico. Por isso, é importante comer alimentos saudáveis ​​e fazer exercícios suficientes para ajudá-lo a ter boa saúde.

Para reduzir o risco de ter um problema de ereção, não fume, beba muito álcool ou use drogas ilegais.

Você pode evitar problemas de ereção relacionados à ansiedade e ao estresse conversando com seu parceiro sobre suas preocupações. Isso pode ajudá-lo a relaxar.

9 alimentos para melhorar suas ereções

9 alimentos para melhorar suas ereções

Aqueles homens que estão procurando evitar problemas de ereção, podem encontrar ajuda se aumentarem o consumo de certos alimentos que são ricos em nutrientes associados à função erétil.

Leia também: Remédio para impotência

Além disso, homens que começaram a experimentar os primeiros sintomas da disfunção erétil podem revertê-los se se comprometerem com uma dieta saudável.

Essas pequenas mudanças no estilo de vida não só ajudarão com problemas de ereção, mas também significarão uma melhora na saúde geral. Muitos médicos concordam com a seguinte afirmação ‘o que é bom para o pênis é bom para o coração e vice-versa’.

Até 80% dos casos de disfunção erétil estão associados a fluxo sanguíneo insuficiente para o pênis, que é suprido por artérias menores do que as que transportam sangue para o coração e o cérebro. Isso significa que, se forem tomadas medidas para melhorar o fluxo nessas pequenas artérias, as chances de entupir as maiores são reduzidas.

Mesmo que você não tenha nenhum problema de ereção, incluir os seguintes alimentos na dieta pode não apenas ajudá-lo a evitar futuros problemas de ereção, mas também pode fazer com que você tenha ereções mais firmes e duradouras. Presta atenção:

Beterraba
A beterraba contém altos níveis de nitratos, que podem promover um fluxo sanguíneo mais potente, essencial para uma função erétil saudável.

Uma alta ingestão de alimentos ricos em nitrato ajuda o organismo a produzir níveis mais elevados de óxido nítrico, o que é vital quando ocorre uma ereção.

Frutas do bosque
Frutas da floresta, incluindo mirtilos, framboesas e morangos são incluídos, eles são ricos em fitonutrientes (nutrientes à base de plantas), conhecidos como flavonóides, que são responsáveis ​​pelas cores brilhantes das bagas. No entanto, flavonóides, incluindo antocianinas, flavonas e flavanonas, também têm propriedades para reduzir as chances de desenvolver problemas de ereção. Sem dúvida, incluindo frutas da floresta é a nossa dieta, é uma escolha sábia para aqueles homens que procuram melhorar sua saúde e suas ereções.

Chocolate preto
Embora não seja normalmente incluído nas listas de alimentos saudáveis, o chocolate (especificamente o chocolate amargo) fornece uma quantidade saudável de flavonóides, que possuem poderosas propriedades antioxidantes.

Estudos têm mostrado que os flavonóides, assim como outros antioxidantes, ajudam a diminuir o colesterol e reduzir a pressão arterial, ambas as condições têm sido associadas como os principais contribuintes da disfunção erétil.

Vegetais de folhas verdes
Tal como acontece com a beterraba, vegetais de folhas verdes são ricos em nitratos, o que ajuda o organismo a produzir altos níveis de óxido nítrico, causando um forte impulso no processo de ereção. Entre esses vegetais, brócolis, alface, acelga ou espinafre.

Ostras
Além de ser uma das principais fontes de zinco, ostras também contêm altos níveis de um aminoácido chamado ácido D-aspártico. Juntos, esses nutrientes ajudam a estimular a produção de testosterona no corpo do homem.

A testosterona tem uma grande influência no desejo sexual, que é essencial para obter uma ereção firme e duradoura.

Pistaches
Carregado com um alto teor de antioxidantes, incluindo polifenóis e carotenóides, juntamente com altos níveis de vitamina E e vitaminas do complexo B, os pistaches têm um efeito positivo incrível na função erétil. Em um estudo realizado em 2011 em uma amostra de 17 homens casados, com problemas de ereção há pelo menos um ano, pelo menos 100 gramas de pistache foram introduzidos na dieta por dia. Todos os homens mostraram uma melhora significativa em seus problemas de ereção.

Vinho tinto
Rico em resveratrol, um composto à base de plantas, também conhecido pelos seus efeitos antioxidantes, bem como em múltiplos flavonóides, o vinho tinto tem muitos benefícios para a saúde, incluindo uma melhoria na função eréctil.

Um estudo publicado em 2016 pelo American Journal of Clinical Nutrition mostrou que os homens que tomavam vinho tinto e comiam frutas ricas em flavonóides regularmente tinham menor risco de sofrer problemas de ereção. Os pesquisadores também descobriram que uma dieta rica em flavonóides tinha os mesmos efeitos mais saudáveis ​​nos corpos dos homens do que caminhar a um ritmo bom cinco horas por semana.

Tomates
Se você gosta de tomates, ficará feliz em saber que esta fruta tem um alto teor de licopeno, o fitonutriente responsável por dar a cor vermelha e brilhante ao tomate, mas também é um poderoso antioxidante. Como você já viu, os antioxidantes ajudam a prevenir problemas de ereção.

Fonte: https://www.valpopular.com/remedio-para-impotencia/

Como curar a disfunção erétil?

Como curar a disfunção erétil?

Se você quiser saber como curar a disfunção erétil de uma forma completamente natural e sem efeitos colaterais, você veio ao lugar certo. E antes de começar, você deve ser muito claro sobre como as ereções funcionam e depois aplicar a melhor solução de acordo com o seu caso.

como curar a impotência

A impotência sexual ocorre quando não conseguimos uma boa ereção, e isso faz com que não possamos terminar o relacionamento sexual como deveria. Existem 2 tipos de estímulos que são necessários: físicas e mentais, e ambos causar o sangue a ser dirigido corretamente para o pênis, fazendo com que o membro para expandir e atingir o orgasmo.

CLIQUE AQUI se você quiser saber tudo o que fiz para obter ereções duras como uma pedra.
Como combater e prevenir a disfunção erétil: 9 Opções
É muito comum que os homens sejam afetados por certos fatores psicológicos e físicos. O dano causado às artérias, músculos e nervos definitivamente causa disfunção. Também é causada por certas doenças ou condições médicas, como alcoolismo, diabetes, doenças cardíacas, vasos sanguíneos bloqueados.

As causas mais comuns são: ansiedade, tabagismo, estresse, fadiga, baixa autoestima e falta de confiança.

como curar a impotência psicológica

O objetivo deste artigo é resolver essa condição sem recorrer a medicamentos. Para curar a impotência nos homens não precisa de recorrer a medicamente, eles realmente não cura nada, apenas causar um estado momentâneo agindo sobre os sintomas, mas de modo algum resolver as causas profundas.

A ideia é depender de nós mesmos e não das empresas farmacêuticas. Então, vamos dar uma olhada em algumas opções naturais para melhorar a circulação, de modo que os corpos cavernosos sejam capazes de inchar com sangue suficiente para obter boas ereções. Aplique os que você mais gosta:

Coma aveia: Basta misturá-lo com gergelim (ou gergelim) e iogurte.
Ginseng: você deve tomá-lo com muita cautela. Eu recomendo que você vá ao seu médico e prescreva a quantidade exata para consumir.
Chocolate: prepare uma xícara de chocolate e adicione um pouco de canela e noz-moscada.
Gengibre: Em meio litro de água, adicione cerca de quinze gramas de raízes de angélica (deve ser picado) e, em parte, adicione uma pitada de gengibre. Deixe descansar por uns quinze minutos, filtre e pronto!
Trigo: Você deve consumir trigo germinado diariamente.
Alfafa: Você pode consumir regularmente saladas com alfafa, que têm propriedades restauradoras que irão ajudá-lo.
Açafrão: Em 1 litro de água fervente, adicione 0,5 g de açafrão e tome 2 xícaras por dia. De acordo com um estudo realizado com 20 homens que sofrem de disfunção erétil, o açafrão fornecido diariamente, após 10 dias, fez com que 44% da amostra apresentassem melhora. Este achado pode ser encontrado publicado na revista Phytomedice.
ESCUTE – Eu recomendo que você dê uma olhada no livro que me ajudou a melhorar a qualidade de minhas ereções: CLIQUE AQUI.
8. Como tratar a disfunção erétil com massagens diárias
Tome cerca de 10 minutos por dia para massagear suavemente o pênis, essa massagem deve ser concentrada na base do membro, de modo que o sangue flua por toda a área genital. É uma opção muito simples e eficaz para resolver problemas de ereção.

como curar a impotência no homem

Não se estresse pensando que você não pára, apenas se concentre em sentir as sensações que acompanham este exercício.

A união entre o corpo e a mente é vital para obter uma ereção forte

Com este exercício, você será capaz de se concentrar nas sensações e não na ereção como tal. Quando você pode se concentrar apenas na sensação e desfrutar, indiretamente você permitir que o seu amigo a se levantar, e, assim, começar a remover a disfunção eréctil através da experimentação de sensações.

Já aconteceu com muitos de nós que nem sequer sabemos se temos uma ereção ou não. Alguns homens não são capazes, sem ver o pênis, se eles estão tendo uma ereção ou não. É por isso que eu coloco ênfase especial nas sensações.

Leia também: Viagra Natural

Para conseguir isso você não deve ignorar seus genitais, você só tem que se concentrar em desfrutar das sensações que você passa por isso.

9. Como controlar a ereção, apreciando as sensações
como curar a impotência no homem

O apoio para tratar um homem indefeso é muito importante. Deitado na cama com a face para cima, seu parceiro deve ajudá-lo a acariciar o ambiente de seus órgãos genitais, e você deve prestar muita atenção, isso deve fazer cerca de 20 minutos. Você deve tentar não ver nada, mas você só deve sentir prazer.

Seu parceiro pode gastar cerca de 5 minutos brincando com seus genitais, e os 15 minutos restantes devem massagear seu pênis. Em uma escala de 1 a 10, seu parceiro deve perguntar a você como você se sente ereto.

Você deve fazê-lo totalmente relaxar

Quais são as contraindicações do Viagra?

O que é o Viagra?

O Viagra (citrato de sildenafil) é a chamada pílula azul, que é muito conhecido no tratamento da impotência masculina, sendo que muitos homens o compram para um uso casual com o intuito de melhorar o desempenho sexual.

Mas ele só funciona quando um homem é sexualmente estimulado, ou seja, se não houver nenhum estímulo, ele não faz efeito. Com o estímulo sexual, o corpo consegue levar óxido nítrico para o tecido erétil do pênis e fazendo com que as artérias do pênis se dilatem cheias de sangue, resultando na ereção.

Como de qualquer outro medicamento, ele pode causar efeitos colaterais e contraindicações. O risco de aparecer um dos efeitos colaterais precisa ser colocado na balança, antes de pensar em tomar o Viagra.

Não é indicado usar sem prescrição médica devido às consequências. O uso por um período prolongado sem orientação médica, pode gerar dependência psicológica.

Efeitos colaterais

O uso do Viagra pode fazer mal, pois existem pessoas que podem ser alérgicas aos componentes da fórmula ou que tenham doenças que podem se agravar com o uso do Viagra. Isso é devido as interações medicamentosa com outros remédios como os de nitrato, indicados para doenças cardíacas.

A função dos remédios para disfunção erétil é conseguir um aumento do fluxo sanguíneo no pênis que junto com a atividade sexual pode sobrecarregar o coração.

Efeitos colaterais mais comuns: Dor de cabeça; Tontura; Visão embaçada; Distúrbios na visão; Enxergar todos os objetos com uma coloração azul; Sensação de fortes ondas de calor; Vermelhidão no corpo; Congestão nasal; Náusea; Má digestão.

Efeitos colaterais incomuns: Rinite; Reação alérgica; Sonolência; Dor nos olhos; Sensibilidade a luz; Ver luzes e cores cintilantes; Cromatopsia; Olhos vermelhos; Ofuscamento nas vistas; Aceleração dos batimentos cardíacos; Pressão muito baixa; Sangramento nasal; Congestão no nariz; Refluxo gastresofágicos; Vômito; Dor na parte superior do estômago; Secura na boca; Erupção na pele; Dor muscular; Dor nas extremidades do corpo; Forte sensação de calor; Aumento da frequência cardíaca.

Efeitos colaterais mais raros: Ataque epiléptico; Convulsão recorrente; Desmaio; Edema nos olhos; Inchaço no olho; Olhos secos; Cansaço nos olhos ao olhar; Visão de aro brilhante em volta de luzes brilhantes; Enxergar a cor amarela nos objetos; Enxergar a cor vermelha em todos os objetos; Distúrbio dos olhos; Hiperemia da conjuntiva; Irritação dos olhos; Sensação anormal dos olhos; Inchaço da pálpebra; Fechamento ou aperto na garganta; Nariz seco; Inchaço do nariz; Diminuição da sensibilidade da boca; Ereção persistente e dolorosa do pênis; Irritabilidade; Ataque cardíaco; Perda auditiva ou visual súbita; Aumento da pressão intraocular, Zumbido.

Contraindicações

Pessoas que não devem tomar Viagra sem o consentimento médico, para todos os casos listados abaixos, indicamos remédios naturais com o BIGSIZE funciona, pois não há contra indicação com o seu uso.

Doença no fígado e nos rins

O citrato de sidenafil, que é o princípio ativo do Viagra, é metabolizado pelo fígado e excretado pelos rins. Pessoas com essas doenças podem mostrar dificuldade na metabolização do sidenafil, sendo isso muito prejudicial á saúde.

Doenças cardiovasculares

Pessoas com problemas cardiovasculares podem ter problemas, pois o Viagra aumenta o fluxo sanguíneo. Isso força o coração a trabalhar mais ao bombear o sangue.

AVC e ataques cardíacos

Homens que tiveram derrame ou ataque cardíaco não podem tomar o medicamento, pois seus efeitos colaterais serão graves e podem levar a um novo ataque.

Degeneração da retina

O Viagra pode aumentar a pressão nos olhos e levar a efeitos colaterais sérios relacionados à visão.

Cuidados com outros medicamentos

Fazer uso do Viagra com certos medicamentos pode aumentar a probabilidade e também a gravidade dos efeitos colaterais

Importante

Não use o Viagra sem a prescrição e a orientação de um médico e, procure tomar a menor dose possível.

Leia também: Bula

 

COMO USAR A MACA PARA A DISFUNÇÃO ERÉTIL

Quando fazer uma cura?

Como suplemento dietético, a Maca é usada como uma cura, no caso de fadiga física, mas também como explicado em nosso artigo sobre os benefícios da Maca em caso de problema de libido, fertilidade ou para aliviar sintomas pré-menstruais ou menopausa em mulheres.

Ela também é um bom suporte para o estresse, porque contém muitos oligoelementos. Pode, portanto, ser usado no início do inverno ou em um período de fadiga ou estresse para melhorar o bem-estar em geral. A maca também é eficaz no combate à anemia.

De que forma?

Geralmente vem em pó ou cápsulas (para mais informações veja: as diferentes qualidades da maca ). Existem de acordo com a apresentação das quantidades recomendadas que você normalmente encontrará no contêiner. Você pode comprá-lo na internet, em fitoterapia, em lojas orgânicas ou em farmácia na seção de suplementos alimentares.

Idealmente, deve-se optar por cápsulas de Maca em extrato concentrado como o oferecido pela Dynveo (nossa seleção). Portanto, não há problema em controlar a quantidade ingerida: 2 cápsulas de 500mg, a serem tomadas em dois momentos diferentes do dia.

Leia mais: comprar Maca Peruana

Maca Orgânica ou não orgânica?

É obviamente melhor optar pela Maca orgânica , no entanto, você deve ter cuidado para não consumir o pó simples, mas sim um extrato!

Extratos de maca são mais concentrados em ingredientes ativos e não possuem alcalóides que possam ser prejudiciais à saúde. Opte pelos benefícios sem o inconveniente.

Como prepará-lo?

Em pó, você pode misturá-lo com um suco de fruta, um produto lácteo ou simplesmente com água. Mas você também pode adicionar um pouco de pó de Maca em seus preparativos: cereais, sopas, massa de panqueca, tortas, bolos e outros smoothies! Tenha cuidado para mantê-lo em local fresco e seco, longe da luz.

Quanto custa?

A dosagem de maca varia de acordo com herbalists, naturopaths, fabricantes e outros profissionais que o aconselham. No entanto, recomenda-se consumir 500 mg a 1 g de maca duas a três vezes por dia entre 1g e 1,5 g. Mais uma vez, é melhor optar por cápsulas de Maca.

Você pode iniciar uma cura com 1 a 2 cápsulas de extrato concentrado por dia (500mg a 1g por dia) de manhã e início da tarde preferencialmente e aumentar a dose gradualmente, em média até 1,5g dia e sem exceder 2,5 g / dia (5 cápsulas) Se a apresentação for em pó, as recomendações são geralmente mais altas, mas o pó também é menos concentrado e as dosagens são pouco ou não confiáveis. É por isso que nossas recomendações acima.

Se não houver limite de consumo oficial para este produto e nenhum efeito colateral conhecido, é melhor evitar o abuso devido à quantidade de minerais que ele contém: cálcio, potássio, ferro, iodo cobre, zinco etc.

Que gosto tem Maca?

Maca é um vegetal de raiz com um sabor pronunciado amargo e pungente. Depois de se transformar em um pó uma vez seco ao sol, seu sabor é transformado para ter um sabor caramelizado para alguns, perto do avelã para outros, muito mais agradável para ambos!

No café da manhã, é perfeito para trazer tonicidade e vitalidade com um copo grande de suco de laranja.

Por quanto tempo?

No Peru e tradicionalmente, a cura dura 3 meses. Os estudos realizados (Gonzalez 2002) mostraram efeitos sentidos após 4 semanas de coleta e multiplicados após 2 meses. Você pode renovar essa cura duas vezes por ano. O outono e a primavera são bons momentos para começar.

Algumas pessoas que precisam de vitaminas, pessoas cansadas ou atletas, podem usá-lo constantemente, desde que respeitem as doses recomendadas. 
Não use para crianças pequenas, mulheres grávidas ou amamentando.

Para tornar a sua escolha em orgânicos Maca ultra concentrado, leia o nosso guia de compra: Comprar Maca X Power

Eu não funciono mais: as causas da impotência e as soluções disponíveis

Uma das piores coisas que pode acontecer a um homem é perguntar a si mesmo a seguinte pergunta: Por que eu não faço uma gangue? Se durante a sua vida sexual, você tem dificuldade em obter uma ereção, vê-la você não pode dobrar, pode prejudicar o seu relacionamento. Mas também faz você perder toda a confiança em você. Isso é exatamente o que aconteceu no meu relacionamento …

Os distúrbios eréteis afetam muito mais homens do que você pensa. Especialmente depois de certa idade. E há muitas causas que podem explicar esse problema transitório. Mas também várias soluções que oferecerão para você remediar isso.

Nós destacamos este artigo para ajudá-lo a enxergar com mais clareza. E encontre uma vida sexual gratificante.

Eu não funciono mais: quais são as possíveis causas?

Se você perceber “eu não estou mais batendo”, sua primeira reação pode ser entrar em pânico. No entanto, a melhor coisa a fazer é entender o motivo. A fim de encontrar o tratamento que será mais adequado.

Causas psicológicas

Você não pode mais se curvar por razões psicológicas . De fato, fatores como estresse, depressão ou problemas dentro do casal podem criar um bloqueio. Que irá mecanicamente resultar em impotência .

Isto é devido à produção de dopamina pelo seu cérebro, que diminuirá significativamente se você sofre de depressão. Fora deste material é necessário para bandagem.

Em geral, o estresse que você pode trazer para casa do trabalho terá um impacto direto em sua vida sexual. Para ter uma ereção, você precisa estar relaxado.

Tenha o cuidado de sair o mais rápido possível para evitar entrar em um círculo vicioso.

Um problema hormonal

O problema também pode ser físico e provir de um desequilíbrio no seu sistema hormonal. A resposta à sua pergunta “Por que eu não bato mais”, portanto, será devido a níveis muito baixos de testosterona. Este hormônio irá influenciar seu desejo sexual e, portanto, sua capacidade de ter uma ereção ou mesmo ejacular.

Uma diminuição nos seus níveis de testosterona pode ser explicada de forma muito simples. De fato, diminuirá gradualmente à medida que você envelhece. No entanto, outras causas podem entrar em jogo se você ainda estiver no auge da vida. Como a falta de atividade física regular. Mas também algumas doenças ou tomando esteróides.

Neste caso, você pode começar a retomar o esporte (como o fisiculturismo). Mas também coma mais alimentos que contenham zinco. Alguns suplementos alimentares também ajudarão você a aumentar seus níveis de testosterona.

Esteja ciente de que também existem impulsionadores muito eficazes, como o Testo Ultra, que podem aumentar rapidamente seu nível de testosterona.

Um estilo de vida pouco saudável

Um estilo de vida pouco saudável também pode forçá-lo a perceber: ” Eu não bato mais “.

Entre os fatores que podem causar impotência, há de fato o fato de estar acima do peso. Seus quilos extras podem impedir que você tenha uma ereção. Mais uma vez, a recuperação do esporte e as mudanças na sua dieta geralmente serão necessárias para que tudo volte ao normal.

Especificamente, faça exercícios cardiovasculares e musculação . É uma boa maneira de aumentar seus níveis de testosterona. E mantê-los altos a longo prazo.

Mas outros maus hábitos podem estar certos para o seu desempenho sexual. Como beber muito álcool. Ou fumar regularmente. Ambas estas substâncias são prejudiciais à sua ereção. Além disso, o tabagismo está envolvido em quase um quarto dos casos de disfunção erétil. Um bom motivo para motivar-se a parar de fumar.

Um bom hábito que pode ajudá-lo a consertar é surpreendentemente beber café. Um estudo recente destacou a relação entre beber dois a três cafés por dia e diminuir a disfunção erétil. De fato, o café relaxa suas artérias e músculos do seu sexo. Assim, o sangue fluirá mais facilmente para o seu pênis. E você não terá nenhum problema de ereção.

Transtorno fisiológico ou tratamento

Algumas doenças e os tratamentos associados também podem explicar por que você não pode se curvar. Este é o caso, por exemplo, do diabetes. Ao interromper seu sistema endócrino, o diabetes pode aumentar o risco de impotência. Neste caso, a melhor solução será conversar diretamente com seu médico, para que ele possa aconselhá-lo sobre outros tratamentos.

A deficiência de vitamina D também pode explicar por que você diz: eu não bato mais. Um estudo recente mostrou que a falta de vitamina D tende a diminuir a duração da sua ereção . Veja para evitar que você tenha um. Para se encher de vitamina D, a melhor solução é aproveitar dias ensolarados. E consumir mais regularmente ovos, sucos de frutas naturais. Ou peixe gordo.

Alguns tratamentos também têm o efeito colateral de causar disfunção erétil. Este é o caso dos tratamentos contra a depressão (que perturbam a circulação sanguínea). Nestas situações, não tome a iniciativa de interromper o seu tratamento. Isso apresenta sérios riscos à sua saúde. Converse com seu médico, que pode sugerir alternativas.

Um problema em sua vida sexual / seu relacionamento

Você também pode ter dificuldades de formação de faixas porque você é menos frequentemente estimulado. De fato, se suas relações sexuais são cada vez menos frequentes, ou se você caiu em uma rotina com seu parceiro, você pode procurar entender: por que eu não bato mais?

A melhor solução será começar a dormir mais regularmente. Atenção, falamos de sexo. E não a masturbação. Porque pode ser contraproducente, especialmente se você se entregar a prazeres solitários mais do que duas vezes por semana. Muita masturbação poderia ir além de causar ejaculações prematuras. E problemas de fertilidade.

Pense também em colocar um pouco de tempero na sua vida sexual. Mude cenários eróticos, tente novas posições e escape. Isso ajudará você a superar esse problema momentâneo.

Conheça também: comprar Xtragel

Quais soluções estão disponíveis para você?

Felizmente, existem várias soluções que permitem que você encontre uma ereção forte e duradoura e se livre de sua ereção suave . Eles dependerão em grande parte da origem desse distúrbio erétil. E na grande maioria dos casos, os tratamentos orais e locais que você pode usar só estarão disponíveis mediante receita médica.

Em qualquer caso, o conselho e aviso de um profissional de saúde será essencial para determinar com certeza a origem do seu problema. E ajudá-lo a evitar os possíveis efeitos colaterais e contra-indicações que essas soluções representam.

Em qualquer caso, a melhor coisa a fazer é levar o problema de frente . Resolver o problema se você perceber que “eu não bato mais” é essencial para recuperar uma vida sexual satisfatória. E encontre a cumplicidade dentro do seu casal.

Mas também para recuperar a confiança em você. Porque não conseguir mais dobrar pode constrangê-lo em todos os aspectos da sua vida. Ambos social e profissional.

Comece comunicando

A primeira coisa que você pode fazer se não puder ficar de pé é conversar com seu parceiro. De qualquer forma, será difícil para você esconder a situação. E em vez de avestruz, fale com ela para encontrar uma solução no momento (você pode dar prazer sem ereção). Mas também a longo prazo.

Se o problema for psicológico, você pode recorrer a um sexólogo que o ajudará a encontrar um equilíbrio. Comece indo sozinho e depois peça ao seu parceiro para se juntar a você. Este pequeno inconveniente pode finalmente ser benéfico para o casal.

Tratamentos orais

A primeira solução que pode ser oferecida a você se tiver problemas de ereção pode ser tomar o tratamento oral.

Existem soluções over-the-counter. Muito popular entre os homens que não se atrevem a marcar uma consulta com um médico para falar sobre seus problemas de impotência masculina. Livre de acesso na Internet, pílulas como Testo Ultra ou Male Extra ajudarão a aumentar sua libido. Mas também para ter relatórios mais longos.

Como eu explico aqui , o Testo Ultra foi sem dúvida um elemento essencial para salvar meu relacionamento.

Outras soluções médicas, como Viagra , Cialis ou Levitra , também o ajudarão a ter uma ereção (desde que você seja sexualmente estimulado). Eficaz em poucos, seus efeitos podem durar até 36 horas. Seu principal efeito é dilatar seus vasos sanguíneos. E assim, para promover o fluxo de sangue para o seu pênis.

 

Tenha cuidado, no entanto, com seus possíveis efeitos colaterais. E contra-indicações

Tratamentos locais

No caso de essas soluções não funcionarem, ou em situações mais graves, você terá que optar por um tratamento local.

Você será capaz de escolher uma bomba erétil. Pode inflar manualmente o seu sexo e é eficaz em minutos antes de ter um relatório. Se for eficaz, requer alguma cumplicidade com o seu parceiro (porque você não pode escondê-lo).

Você também pode optar por injeções . Eles estão na forma de seringas para injetar um agente ativo que será eficaz em poucos minutos. E você não precisa mais se perguntar: por que eu não bato mais? A longo prazo, eles permitirão que você tenha uma ereção mais vigorosa.

Soluções naturais

Existem também soluções naturais para curar seus problemas de ereção. Vimos que uma dieta mais equilibrada e a prática regular de atividade física serão benéficas.

Fazer meditação ou yoga também ajudará você a relaxar. E assim, para encontrar um vigor sexual muito melhor. Idem para exercícios de respiração (especialmente durante o ato), que ajudam a ter uma ereção forte e duradoura.

Leia mais: comprar Tauron